TV Gospel Vida
00:00
00:00

terça-feira, 21 de março de 2017

Um testemunho que vai impactar sua vida

Esther* é uma cristã perseguida vietnamita que visitará o Brasil entre os dias 24 de abril a 08 de maio e contará um pouco de sua história09-correspondente-internacional-esther

Nosso país é comunista e esse tipo de governo nunca quer que a igreja cresça, por isso, eles tentam controlar os fiéis e a opressão vem de muitas maneiras”, conta Esther. Segundo a cristã perseguida, os fiéis permanecem firmes apesar das dificuldades e os encontros acontecem em pequenos grupos, organizados domesticamente para que a “igreja” não seja identificada pelas autoridades. Essa é uma forma de proteção que a Igreja Perseguida utiliza para não correr riscos no Vietnã.
“Adorar ao Senhor e nos manter unidos para estudar sua palavra fazem parte das nossas necessidades diárias. Assim como precisamos comer e beber para alimentar nosso corpo físico, necessitamos nos alimentar espiritualmente também, para tomar fôlego e seguir em frente. Com a ajuda do Espírito Santo sempre nos encontramos. Não é fácil, pois pagamos um preço por sermos cristãos, mas estamos firmes”, disse.
Esther conta que tinha apenas 15 anos quando o comunismo chegou em seu país, o que afetou consideravelmente a questão da liberdade religiosa. “A perseguição fez a igreja acordar, pois quando somos perseguidos compreendemos que a palavra de Deus é a nossa força, nossa arma contra o mal e nossa fonte de sabedoria. Não temam as perseguições porque Deus tem um plano para sua igreja, mesmo em meio a grandes provas. Deus tem sua forma de purificar a cada um de nós antes do fim”, conclui.

A cristã estará no Brasil entre os dias 24 de abril a 8 de maio, em Fortaleza e Maceió. Se você quer ouvir o testemunho dela em sua igreja, ainda dá tempo de reservar uma data. Entre em contato pelo e-mail semfonteiras@portasabertas.org.br ou pelo telefone (11) 2348 3330. 

fonte: Portas Abertas

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Estendendo a mão aos cristãos perseguidos

Um grupo se organizou para visitar os cristãos perseguidos no México e levar uma palavra de conforto



Esse ano, um colaborador da Portas Abertas esteve no México, no sul do estado de Chiapas, para ajudar a Igreja Perseguida e agora compartilha um pouco sobre suas experiências: “A viagem foi muito emocionante, principalmente porque pudemos passar um tempo especial com nossos irmãos perseguidos e ouvir um pouco dos seus testemunhos”, disse Pablo Vargas.
Segundo ele, havia muitos obstáculos e locais vigiados. “Mas estávamos em um grande grupo. Cerca de 30 pessoas de mais de 12 denominações estavam presentes e tivemos o apoio de uma brigada médica. Quem organizou a viagem e a missão foi o JOCUM (Jovens com uma Missão) e juntos visitamos várias comunidades. Muitas igrejas doaram para que esse trabalho fosse possível”, disse Pablo.
A igreja mexicana está cada vez mais engajada em alcançar os cristãos perseguidos em seu próprio país. Em algumas regiões, cristãos estão sendo despejados de suas próprias terras e muitos enfrentam a crise humanitária. A violência está alcançando um nível cada vez mais alto e a igreja continua vivendo sob pressão. Ore por essa nação.

fonte: Portas Abertas